Topo
Image Alt

Organização curricular

PROJETO PEDAGÓGICO INOVADOR

A FMO sai na frente com a implantação da nova forma pedagógica de ensino. Sob orientação do MEC, as faculdades já estão em processo de implantação da metodologia ativa. E a forma de ensinar, aos poucos, foi sendo adaptada à estrutura física e conceitual da instituição.

A organização curricular se expressa por meio do seu projeto pedagógico inovador centrado no estudante, seguindo as diretrizes do sistema único de saúde (SUS) e as DCN. Os conteúdos estão relacionados com todo o processo saúde-doença do cidadão, da família e da comunidade, integrado à realidade epidemiológica e profissional, proporcionando a integralidade das ações do cuidar em medicina; foram elaborados prevendo-se a utilização da organização modular e da metodologia de aprendizagem baseada em problemas ABP/PBL. Deste modo, procurou-se contemplar as deficiências observadas no ensino médico tradicional integrando o ciclo básico ao clínico, com uma proposta centrada no estudante, orientado para a comunidade com inserção na comunidade desde o primeiro ano do curso (Módulo Horizontal de Integração Academia Serviço e Comunidade – IASC).

Do 1º ao 4º semestre será iniciada a aprendizagem baseada em problemas junto ao módulo horizontal IASC, fazendo a passagem do aluno para o aprender a aprender, pois a sua estrutura e interação com a comunidade fornecem um ambiente natural para introduzir a aprendizagem baseada em problemas.

Os módulos horizontais são centrados na prática com o serviço no módulo IASC e nas habilidades psicomotoras e atitudinais no módulo HPP (Habilidades e Prática profissional), consignando-se em fio condutor do 1º ao 8º semestre, trazendo os problemas da comunidade para serem vivenciados pelos alunos e servindo de gatilho para o processo de aprendizagem. Do 1º ao 4º semestre os temas/disciplinas serão o apoio para a resolução dos problemas encontrados na prática em sessões tutoriais. Do 5º ao 8º semestre, os módulos temáticos verticais estudarão as doenças mais prevalentes nos diferentes ciclos da vida humana, da gestação até o envelhecimento dando orientação para a epidemiologia loco-regional.

A integração entre os módulos horizontais de atividades práticas e os módulos temáticos verticais permitirá que situações vivenciadas no cotidiano de uma unidade básica de saúde, possam também ser problematizadas de forma mais aprofundada nos módulos que ocorrem simultaneamente.

IASC – Prática em serviço

Esse plano de ensino consiste em alocar os estudantes nas unidades assistências do Sistema Único de Saúde (SUS) do município de Olinda e região, desde as Unidades de Saúde Familiar (USF), mistas e nos hospitais da rede estadual. Junto com a equipe de saúde da família e sob a preceptoria do médico local, cada estudante se responsabiliza pelo acompanhamento de, pelo menos, uma pessoa ligada à respectiva USF.

Nesse sentido, além de prestar cuidados ampliados a um grupo de pessoas portadoras de variados problemas biológicos e psicossociais, participa da gestão e das ações assistenciais, individuais, coletivas, de promoção da saúde e de vigilância em saúde de competência da Unidade. Faz, também, visitas domiciliares e executa outras ações dentro dessa competência. À medida que for evoluindo no curso, transitará pelos outros níveis da assistência médica, com a mesma proposta participativa.

O desenvolvimento de pesquisas que retomem a prática em forma de intervenção para a melhora do serviço de saúde, também, faz parte deste projeto.