Topo
Image Alt

maio 2018

Este mês o professor e coordenador de treinamentos em saúde da Faculdade de Medicina de Olinda (FMO), Marcelo Borges, participou do XI Congresso Brasileiro de Queimaduras. O evento aconteceu, de 9 a 12 de maio, em Foz do Iguaçu, no Paraná. Na ocasião o cirurgião falou apresentou sua pesquisa sobre o uso da tilápia como curativo para pacientes vítimas de queimaduras. A tilápia é primeira pele aquática utilizada nesse tipo de tratamento, proporciona menos locomoções para o hospital e diminui número de curativos, reduzindo dores, além de promover a diminuição no período de cicatrização.

Dentro do trabalho de fortalecimento da infraestrutura para oferecer aos seus alunos o que há de mais avançado na medicina, a Faculdade de Medicina de Olinda (FMO) acaba de receber novos equipamentos. São simuladores que auxiliarão os futuros médicos na aprendizagem de técnicas de obstetrícia, por exemplo.  A utilização deste tipo de equipamento garante que nossos alunos já cheguem aos hospitais e unidades de saúde preparados para o atendimento ao público.

A Faculdade de Medicina de Olinda (FMO) segue firme em suas parcerias e com trabalhos de prestação de serviço para as comunidades. No último dia 03 de maio, o diretor de ensino pesquisa e extensão, professor Carlos Brandt, as professoras Cecília Melo e Karla Queiroz realizaram, em Abreu e Lima, um encontro/palestra dirigido aos profissionais de saúde que trabalham com comunidades carentes daquela região. O evento, que também contou com a participação de estudantes da liga de iniciação científica LIAPC, faz parte da ação social promovida pela faculdade em parceria com a Secretaria de Saúde do município.